Ganhe até R$ 4 milhões por ano com venda de aquecedores solares

By Dicas de Negocios PME - 10:09

Empresa é familiar e fica em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.
Fábrica produz cerca de 90 aquecedores solares por mês.


como ganhar dinheiro

O empresário Edson Makio é fabricante de aquecedores há quase 20 anos. A fábrica ocupa um espaço de 700 metros quadrados e fica em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Edson e o filho, Renato Makio, comandam uma equipe de 40 funcionários.
Na fábrica, são produzidos vários modelos. O aquecedor solar é o carro-chefe da empresa e há garantia de bons negócios neste mercado aquecido.
“O sistema solar hoje é uma realidade, o custo dele está muito barato em relação a quando ele foi lançado há muitos anos atrás né, e hoje realmente está todo mundo fazer uma opção pelo sistema solar”, disse o empresário Edson Makio.
A fábrica produz cerca de 90 aquecedores solares, por mês.
Para que o sistema funcione, são necessários dois equipamentos: o tanque usado como reservatório de água e os coletores - essas placas que absorvem energia solar e a transformam em calor para o aquecimento da água.
Edson compra as placas de outra empresa e monta os reservatórios na própria fábrica. O processo começa com a moldagem da chapa de aço. Primeiro ela é dobrada e, depois, soldada.
O tanque recebe um revestimento interno de cobre para aumentar a resistência.
“É um material que não sofre corrosão, então ele tem uma durabilidade muito grande”, disse o empresário.
Depois da montagem, o acabamento do tanque é feito com lã de vidro. O material serve de isolamento térmico, um recurso para manter a água quente no reservatório por mais tempo. O kit completo do equipamento custa entre R$ 2.000 e R$ 4.000, incluindo a instalação. Para não deixar nenhum cliente na mão, o empresário Edson Makio faz estoque do produto. Uma forma de atender, com pronta entrega, os pedidos que aumentam no frio. 
“Em dezembro, a gente já começa a produzir para ter estoque para vender quando começa o inverno”, disse Makio.
O Brasil ocupa hoje a sexta posição no mercado mundial de coletores solares. De acordo com o departamento nacional de aquecimento solar, cerca de 80% dos equipamentos instalados no país estão em residências, o restante está divido entre indústria, comércio e serviços.  
Na cidade de São Paulo, as residências com quatro banheiros ou mais são obrigadas, por lei, a usar aquecedores solares. O mesmo se aplica aos estabelecimentos comerciais que fazem uso intensivo de água quente.
A empresa de Edson Makio fatura R$ 4 milhões por ano com a venda dos aquecedores e espera acompanhar o bom ritmo do mercado para expandir os negócios. 
“Eu acredito que, até as Olimpíadas, com certeza, o mercado vai estar muito bem aquecido”, disse Edson Makio.
O administrador de empresas Seimor Walchhutter instalou em casa coletores solares para aquecer a água das torneiras, do chuveiro e da piscina. Seimor contratou o serviço de Edson Makio há três anos. Gastou R$ 12 mil. O sistema é integrado. Além da energia solar, o aquecimento também funciona a gás, na falta de sol.
Com a instalação dos dois sistemas de aquecimento solar e a gás, o valor da conta de energia na casa teve uma redução bem significativa. Antes, Seimor gastava R$ 750  por mês, hoje, o custo caiu para cerca de R$ 180, uma economia superior a 200%.
“Ajuda bastante. Com essa economia eu posso gastar em outras coisas”, disse o cliente Seimor Walchhutter.

PUBLICIDADE:
Coloque aqui a sua publicidade e venda muito mais Saiba Mais...

Problemas com Moscas, Pernilongos e Dengue? CLIQUE AQUI!
_________________________________________________________
Tags: Como ganhar dinheiro,
Dica para criar uma empresa de energia solar,

Ideia de empresa para se montar,
Trabalho com energia solar,
Home office.

  • Compartilhar:

Você pode gostar também

0 comentários

Comentem sobre as matérias e o seu comentário será postado.