Nunca é tarde demais para empreender e começar um novo negócio.

By Dicas de Negocios PME - 10:02

Profissionais mais maduros podem usar sua experiência e seu autoconhecimento para construir um negócio de sucesso

Por Elisabete Miranda / Foto: Divulgação


O empreendedorismo não é apenas para os jovens. A idade está na cabeça e nada mais é do que um número. Além disso, com o aumento da expectativa de vida, contamos com muito mais tempo para começar algo novo.

É comum ouvirmos pessoas de 40 e poucos anos dizendo que estão “velhos demais” para começar um novo negócio. Quando questionados, as desculpas são muitas: tenho muitas responsabilidades, já não sou mais tão criativo, não tenho a mesma energia de antes, não posso arriscar nesta idade. Entretanto, normalmente não passam disso – desculpas!

Talvez por causa de histórias de sucesso de jovens empresários do setor de tecnologia, como Bill Gates, Michael Dell, Mark Zuckerberg etc., criou-se uma espécie de mito de que a maioria das empresas são criadas por jovens na casa dos 20 e poucos anos. Consequentemente, pessoas mais maduras acabam pensando que suas chances de sucesso são limitadas pela sua idade. Isso não poderia estar mais longe da verdade. Não é muito comum ouvimos sobre isso, mas nesta semana li um post sobre empresas que foram fundadas por empreendedores depois dos 50 e confesso que fiquei surpresa de saber que entre elas estão McDonalds e Coca-Cola, por exemplo.

No mundo todo, as novas empresas e aquelas que garantem a sustentabilidade da economia não são os grandes sucessos de TI, e sim as pequenas empresas. De acordo com um estudo global sobre empreendedorismo da Fundação Kauffman, as pessoas mais velhas estão começando mais empresas do que os jovens. Os dados variam de acordo com a região do mundo, mas, de forma geral, a faixa etária de 35 a 44 anos representou o maior aumento na atividade empresarial. Os americanos com entre 55 e 64 anos, por exemplo, representam o segundo maior salto. Quem começa um novo negócio são pessoas que querem realizar um sonho ou complementar sua renda, aposentados que desejam continuar trabalhando e profissionais com dificuldade de se recolocar no mercado de trabalho depois da crise econômica de 2008. Independentemente das razões, pessoas mais maduras estão acordando para o mundo empresarial, o que é uma boa notícia para todos. Infelizmente, nem sempre temos acesso a esses dados interessantes.

Pesquisas mostram também que profissionais não tão jovens são mais propensos a ser bem-sucedidos ao começar um negócio. A meia-idade faz com que as pessoas se conheçam muito mais do que aos 20 e poucos anos. Isso colabora para que possam identificar seus pontos fortes e fracos e também saber melhor o que querem da vida.

A experiência profissional e os contatos fazem com eles estejam mais preparados e tenham mais paciência para enfrentar as dificuldades do empreendedorismo. Durante anos de trabalho, eles desenvolveram muitas habilidades que os tornam altamente valiosos. Por exemplo, se você entra em um negócio no mesmo ramo em que trabalhou por muitos anos, o seu conhecimento do ramo é uma tremenda vantagem competitiva.

Diferentemente dos jovens, os empreendedores na meia-idade reconhecem o valor do tempo. Sempre se pode fazer mais dinheiro, mas não dá para fazer mais tempo. Saber o que realmente é importante e como queremos viver nossa vida ajuda na hora de escolher o tipo de negócio que você quer e, melhor ainda, aquele que definitivamente não quer.

Portanto, se a sua idade tem sido o argumento para não começar o seu negócio, pense se não está usando isso como desculpa. Temos uma série de dados e razões que confirmam que, com a idade, vem a experiência – e isso é uma vantagem, e não o contrário. Não deixe que a sua idade o impeça de conquistar os seus sonhos. O negócio bem-sucedido é a combinação de uma boa ideia com uma ótima execução, e a juventude contribui muito pouco ou nada para isso.

 Fonte: PEGN / Pitada de G2

PUBLICIDADE:
Vai Começar um novo Negócio? Conheça o SEBRAE

Seja o primeiro a dar a sua opinião!

  • Compartilhar:

Você pode gostar também

0 comentários

Comentem sobre as matérias e o seu comentário será postado.