A arte de vender o diferente

By Dicas de Negocios PME - 10:21

Empresa inova no mercado brasileiro ao apostar em um segmento carente de novidades: o de soluções em presentes




“Sempre tivemos como objetivo espalhar bons presentes por aí dentro de um conceito alegre, lúdico e colorido. O maior encanto está em sermos uma rede de presentes que emocionam, divirtam e surpreendam” Rafael Biasotto, diretor
A frase “nada se cria, tudo se copia” tem sido bastante utilizada no mercado corporativo nos últimos tempos, afinal, não é todo dia que a gente vê produtos ou serviços inovadores. Ou seja, tudo tem um toque de “remodelado”. Tudo? Melhor dizer quase tudo, pois esse pelo menos não é o lema da Uatt?.
A empresa surgiu no mercado em 2002, com o mote de oferecer produtos diferenciados e inovadores para um público que buscava presentes caracterizados e distintos. Público este que, até então, se sentia carente em soluções para presentear a avó, a mãe, o pai, a tia, o tio, os irmãos ou até mesmo um amigo e, por que não, o próprio chefe? Por meio de itens criativos, coloridos, com formatos diferenciados e mensagens alegres e irreverentes, a Uatt? tem conquistado definitivamente esses clientes brasileiros.
PRIMEIROS PASSOS
A história da empresa começou com o espírito empreendedor e criativo de um de seus fundadores e atual diretor, Rafael Biasotto. Depois de realizar uma viagem pela Europa, ele juntou R$8 mil que tinha guardado, pediu mais R$10 mil emprestados para a avó e, assim, começou a criar e fabricar – em uma sala da casa da própria família –, objetos confeccionados em polipropileno (plástico – PP); como luminárias, porta-retratos, entre outros produtos.
Com o tempo, se uniu a um colega de faculdade, Ivan Oliveira – também sócio- -diretor da Uatt? – e, a medida que o negócio foi dando certo, começaram a diversificar a produção entre outros materiais como tecidos, papel e metal. Com essa expansão, acabaram precisando mudar para um local mais amplo. E, assim, os dois passaram a fabricar e revender seus presentes para todo o mercado brasileiro. Em 2008 foi quando surgiu a oportunidade de fundarem duas lojas próprias e, neste momento, inclusive, que surgiu o nome Uatt?.

UMA EMPRESA BEM DIFERENTE
Com um crescimento rápido, em julho de 2010, os sócios fizeram um estudo de mercado e perceberam que a marca precisava ser remodelada, nascendo assim a primeira franquia Uatt?, localizada no Rio de Janeiro.
O diferencial da empresa no mercado já começa pelo próprio nome: Uatt? que vem do inglês “what?” e significa “o quê?”, com extensão para o “manezinho” (linguagem típica dos florianopolitanos). E apostando sempre no gesto de presentear com emoções, cores e alegria, a empresa é uma franquia com soluções em presentes para todos os tipos de pessoas e idades. São oferecidos itens como almofadas; canecas; porta-retratos; jogos; utilitários de bebida, entre outros acessórios para a casa e de uso pessoal. São mais de 1.200 produtos em linha, sendo que, por dia, são criados cerca de dois itens.
De acordo com Rafael Biasotto, o maior diferencial da empresa, no entanto, é a cultura e a maneira como encanta seu canal de negócio (consumidores, parceiros, representantes e toda a equipe). “Isso faz com que a Uatt?, dentro do seu conceito muito colorido, possa espalhar seus presentes pelo Brasil.”
Para criar a empresa, ele diz que dentro do processo criativo foram muitas as referências de empresas dentro e fora do País, além também de inúmeras pesquisas. “Sempre tivemos como objetivo espalhar bons presentes por ai dentro de um conceito alegre, lúdico e colorido. O maior encanto está em sermos uma rede de presentes que emocionam, divirtam e surpreendam”, confere.

CAMINHO DAS PEDRAS
 
“Ser o empreendedor Endeavor é uma grande responsabilidade e a proposta é que o crescimento da marca seja refletido no desenvolvimento de toda a região ao redor, contribuindo para a geração de emprego e renda”
Rafael Biasotto,
diretor

A história da empresa até agora faz parecer como se o sucesso tivesse sido simples e fácil para Rafael Biasotto e Ivan Oliveira. Como algo que bateu à porta e ali se instalou definitivamente. Mas, muito pelo contrário, segundo Biasotto, nem sempre as coisas foram tão simples. Eles tiveram algumas dificuldades pelo meio do caminho que podiam ter colocado todo o negócio a perder, mas, felizmente, souberam reverter a situação. “Uma delas foi a falta de recurso suficiente para investir nas demandas do projeto. Os recursos financeiros, no começo, eram escassos e custavam alto, tivemos que crescer organicamente”, afirma.
Ele acredita ainda que a falta de um mentor para intercambiar sobre as dificuldades, problemas e desafios, custaram a eles algumas noites de sono. “Acho esta questão muito importante e, hoje, podemos contar com a ajuda da Endeavor, que nos permite acesso a novas perspectivas e respostas a estas demandas”, agradece.
GANHOU ESPAÇO
Na opinião do diretor Rafael Biasotto, a Uatt? já é forte em sua cultura e conceito, isso encantou o mercado, clientes e, principalmente, os canais de venda. “O conceito de espalhar coisas boas por aí, baseado nos princípios de presentear emocionando, divertindo e surpreendendo, traz uma identidade aos clientes que buscam alegria e pequenos prazeres com os nossos itens e objetos”, destaca.
Outra prova de reconhecimento da empresa no mercado, segundo ele, é que, este ano, a organização foi reconhecida pela Endeavor como um negócio de alto impacto. “Ser o empreendedor Endeavor é uma grande responsabilidade e a proposta é que o crescimento da marca seja refletido no desenvolvimento de toda a região ao redor, contribuindo para a geração de emprego e renda”, comemora.

 UATT? EM NÚMEROS:                                                                                      


• Para a abertura da primeira loja da Uatt?, o investimento foi de cerca de R$120 mil.
• A empresa distribuidora vem crescendo acima de 50% ao ano e, dentro das franquias (pontosde- venda), o crescimento está em 20% ao ano, bem acima do varejo nacional.
• Este ano, ampliaram ainda mais o portfólio, atingindo, assim, um público de zero a mais de 80 anos. A Uatt? quer acompanhar o consumidor em todos os momentos da vida.
• Hoje, a Uatt? atende, em média, 60 pedidos de clientes ao dia, com um faturamento médio de R$200 mil e cerca de 20 mil itens expedidos por dia a todo o Brasil. E a expectativa com o Natal é dobrar este volume.

Além disso, a Uatt? foi finalista no Prêmio Empreendedor do Ano 2013, da Ernst & Young Terco, que visa reconhecer os empreendedores que mais se destacam no Brasil. Em abril deste ano, recebeu também o selo de Excelência em Franchising pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).
Para o futuro, Biasotto diz que estão em busca de abrir mais franquias e atingir dois mil pontos de venda Uatt?+ (lojas multimarcas que possuem benefícios por ser um parceiro ativo e manter um espaço, em sua vitrine e loja, especialmente para a Uatt?) por todo o Brasil. “Sem contar que estamos trabalhando novas temáticas, linha de praia, bolsas para o público feminino, volta às aulas e muitas outras novidades. São cerca de 500 itens que estão sendo lançados este semestre. É um grande esforço de criação e mercado”, finaliza.

RAIO-X
Para quem quer abrir uma franquia da rede:
Investimento inicial: R$110 mil
Taxa de franquia: R$25 mil
Capital de giro: R$30 mil
Royalties: 4% sobre o faturamento bruto
Taxa de publicidade: 2% sobre o faturamento bruto
Área mínima: 35 m²
Nº de funcionários: 4
Faturamento bruto mensal: R$50 mil
Lucro líquido: 8% a 12% do faturamento bruto
Prazo de retorno do investimento: entre 36 e 60 meses
Prazo de contrato: 6 meses

CONTRIBUIÇÃO
Atualmente, a Uatt? possui cerca de 100 funcionários, a empresa está localizada em uma área de 26 mil m², em São José, Santa Catarina, sendo 5 mil m² de área construída e 2.500 postos de armazenagem. Possui dentro das instalações a “Escola de Negócios”, responsável por capacitar todos os colaboradores, consultores, franqueados e equipe de lojas. Além do “Projeto Pescar”, que torna possível a realização dos sonhos de jovens da região em situação de vulnerabilidade social. Dentro da iniciativa, eles têm aulas para ajudar no desenvolvimento pessoal e profissional.
 
Fonte/Fotos: Revista Gestão e Negócios / Texto de Juliana Klein

  • Compartilhar:

Você pode gostar também

0 comentários

Comentem sobre as matérias e o seu comentário será postado.