4 DICAS IMPORTANTES PARA ENFRENTAR A CRISE NO COMÉRCIO!

By Dicas de Negocios PME - 09:30

Do consultor do Sebrae RS Grasiano Tolfo que listou 4 recomendações para os empreendedores.

4 DICAS IMPORTANTES PARA ENFRENTAR A CRISE
Algumas técnicas podem ajudar na crise (Foto: ThinkStock)

Para Grasiano Tolfo, técnico especialista em pequenos negócios do Sebrae RS, os empreendedores devem se atentar a algumas dicas durante esse período de crise. Reforçar ações de marketing e aumentar o ticket-médio, por exemplo, podem evitar o prejuízo dos seus negócios ao longo deste cenário de instabilidade.

Para os empreendedores que o procuram, o consultor lista sempre quatro recomendações para evitar os reflexos da crise econômica.

Confira:

1. Aumente o ticket-médio

Segundo Tolfo, uma boa ideia para o momento é abrir espaço para o mesmo cliente comprar mais. Para isso, ele recomenda que os empreendedores potencializem as compras com serviços e produtos complementares. “A ação deve gerar uma sensação de benefício para o cliente”, diz.

2. Invista no marketing

“Atrair novos clientes é essencial.” Por isso sugere que as empresas invistam no marketing, utilizando as mídias mais adequadas para o público online e offline. “Nessa hora vale até aumentar a divulgação da empresa via boca a boca”, diz Tolfo.

3. Faça parcerias

O técnico também acredita que fazer parcerias com empresas não concorrentes pode ser uma ótima opção. “Um pequeno negócio só aumenta o seu potencial quando se reúne com outro pequeno negócio. É assim que eles podem se complementar, unindo duas bases diferentes de clientes e aumentando o seu alcance”, afirma.

4. Inove para liberar o estoque

Segundo o consultor do Sebrae RS, essa dica é a mais importante para quem toca empreendimentos no setor do varejo: criar ações para girar o estoque. “É importante criar programas de benefícios, pontuações e até sorteios. Uma ótima técnica é dar descontos no segundo item de compra, por exemplo. São essas ações promocionais que fazem que o cliente acelerar a compra e reduzir o volume do estoque da empresa.”

Fonte: PEGN-G1 / Foto: ThinkStock e Divulgação.
Postado por: Dicas de Negócios PME e Portal G2 - http://www.portalg2.com.br

  • Compartilhar:

Você pode gostar também

0 comentários

Comentem sobre as matérias e o seu comentário será postado.